História – Escola e democracia

Regina Claro, Miriam Dolhnikoff, Flavio de Campos
Código da coleção: 0350P20042
Proposta pedagógica
  • Trabalho com fontes visuais e cartográficas para atividades mais atrativas e criativas.
  • Atividades e propostas extras de trabalho com níveis diferentes de dificuldade.
  • Presença de temas transversais, com uma história crítica e atualizada.
  • Conteúdo totalmente articulado com o ENEM.
  • Propostas de atividades com acesso a sites e páginas na internet para dinamizar e enriquecer as avaliações e aulas.
Compartilhar:
Compartilhar:
Compartilhar:
Compartilhar:
Destaques da Coleção

BNCC

(Base Nacional Comum Curricular)

Conteúdo programático

1 – A História, os seres humanos e o tempo

Jogo aberto

O que é História?

Compreender a História

Os historiadores

Tudo é história

Presente, passado e futuro

Comunicação e tecnologia

Para medir o tempo

História das horas

Bate-bola: A sonda Voyager

Escritos nas estrelas

Tempos para a agricultura

As festas e o tempo circular

O tempo dos mitos

O tempo histórico

O tempo judaico-cristão

Para contar os séculos

Os jogos e o tempo

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Sobre a História

Olho no lance

Trabalhos agrícolas

Permanências e rupturas:

Brincadeiras de criança

Salto triplo

Quadros do capítulo

Calculadora de mão

A semana

Jogos e Celebrações

2 – Origens da humanidade

Jogo aberto

Origens

O desenvolvimento dos seres humanos

Homo sapiens

Natureza e cultura

A vida dos primeiros seres humanos

A domesticação do fogo

Arte rupestre: técnica, comunicação, diversão e arte

A arqueologia e os sítios arqueológicos

O arqueólogo

Vestígios na África

América

Caminhos e deslocamentos dos povos originários do Brasil

Vestígios no Brasil

Bate-bola: Os primeiros seres humanos na América

Os sambaquis

Os sítios arqueológicos vivos

A arte rupestre no Brasil

Divisões e períodos da História humana

A Idade da Pedra

O Período Neolítico

A agricultura

Novas ferramentas

Sedentarização

A Idade dos Metais

História mundial ou europeia?

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

O único animal

Olho no lance:

Comida, diversão e arte

Permanências e rupturas: Nomadismo e telefonia celular

Salto triplo

Quadros do capítulo

Evolução humana

Homo ludens
Luzia e o grupo de Lagoa Santa

Tradições da arte rupestre no Brasil

A divisão da História em períodos

3 – Mesopotâmios, semitas e povos americanos

Jogo aberto

A organização da vida coletiva

Os rios e o desenvolvimento humano

Sociedades fluviais

Primeiras povoações Índia e na China

A Mesopotâmia

Os trabalhos e os deuses

Desigualdade social

Novas classes sociais

O Estado

Os primeiros Estados

Os sumérios e a vida urbana

Cidades-Estado

Comércio

Religião e arte na vida dos sumérios

Azuis

Zigurates

Os acadianos

Os amoritas: o primeiro Império Babilônico

Assírios: o jogo da guerra

Os caldeus: o segundo Império Babilônico

Tijolo: a casa, o palácio, o templo, a cidade

Bate-bola: Desvendando a escrita

Os semitas

Os fenícios e o comércio

A cor púrpura

Navegantes

Colônias

Religião e sociedade

Cidades-Reino, cidades-Estado

Legado fenício

Os hebreus

A origem do povo hebreu

A época dos patriarcas

A época dos juízes

A monarquia

Sociedades Americanas

Olmecas

Maias

Astecas

Incas

Os povos originários do Brasil

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

O Código de Hamurabi

Olho no lance:

O maior dos zigurates da Mesopotâmia

Permanências e rupturas:

Os rios mais poluídos do Brasil

Salto triplo

Quadros do capítulo

O jogo real de Ur

A Epopeia de Gilgamesh

Invasão do Iraque pelo Exército dos EUA provoca prejuízos arqueológicos

Indígenas do Brasil: a sociedade marajoara

4 – O Egito Antigo

Jogo aberto

A África de muitos povos

A formação do Egito

Hapi, o deus-rio

Fertilização

Os trabalhos de irrigação

A formação dos nomos ao longo do Nilo

As federações do Baixo e Alto Egito

A unificação do Egito

Faraó

O armazenamento da produção

A escrita dos egípcios

Mulheres poderosas

A divisão social no Egito Antigo

A religião egípcia

A crença na vida após a morte

Politeísmo
Monoteísmo

Bate-bola:

A técnica de embalsamar corpos

A periodização da história egípcia

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Egito e Mesopotâmia

Olho no lance:

Egípcios

Permanências e rupturas: Cleópatra

Salto triplo

Quadros do capítulo

O calendário dos egípcios
Os escribas

Trabalho e divisão social
Períodos do Império

Senet: o jogo da alma

5 – A Grécia Antiga

Jogo aberto

O mundo grego na Antiguidade

Período Pré-Homérico

O labirinto do Minotauro

A sociedade minoica

A sociedade micênica

Período Homérico

Organização política

A Guerra de Troia

Período Arcaico

As cidades-Estado gregas

A vida em Atenas

Crise e reformas

Reformas de Sólon

Tirania de Psístrato

O nascimento da democracia

Esparta: um Estado fortificado

Estado militar

Organização política

Laconismo

Bate-bola:

Falando grego

Período Clássico

A filosofia grega

Amantes da sabedoria

Os Jogos Olímpicos e a integração grega

Principais modalidades olímpicas

Trégua e celebrações

As Guerras Greco-Persas

A maturidade da democracia ateniense

Aristocratas

A Guerra do Peloponeso

O enfraquecimento das cidades com a guerra

O domínio macedônico

A expansão militar

Síntese cultural

A cultura helenística

Índia e China: o esplendor cultural do século V a.C.

Budismo e confucionismo

A sociedade de castas na Índia

A sociedade chinesa

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

A cidade grega

Olho no lance:
O homem é a medida de todas as coisas

Permanências e rupturas:

Mulheres de Atenas

Salto triplo

Quadros do capítulo

Periodização da História da Grécia
O teatro

As mulheres de Esparta
Os persas
As mulheres atenienses
Sociedade de castas

6 – Roma Antiga

Jogo aberto

As origens lendárias de Roma

Rômulo e Remo

O rapto das sabinas

Decifrando as lendas

O período monárquico (753-509 a.C.)

A fundação da República

As lutas entre plebeus e patrícios

O nascimento do Direito romano

As conquistas romanas

As Guerras Púnicas

Primeira Guerra Púnica

Segunda Guerra Púnica

Terceira Guerra Púnica

A conquista da Macedônia

As influências da cultura grega

Consequências das conquistas

A escravidão

A invenção do latifúndio e o escravismo

A revolta dos escravizados

A reforma agrária

A crise da República

O fortalecimento do Exército

Os generais e o Senado

Imperadores

O Império

As obras públicas romanas

A Paz Romana

A crise do Império Romano

Ruralização e colonato

Segurança e poderes privados

O cristianismo

Os cristãos

Perseguições e aceitação

Os povos germânicos

A arte germânica

Mitos germânicos

As primeiras invasões germânicas

Centralização e divisão do Império

Igreja e Estado

O enfraquecimento do poder central

O fim dos Jogos Olímpicos da Antiguidade

O Império Romano do Oriente

Bate-bola:

O Senado

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
A condição das pessoas

Olho no lance:
Vida cotidiana

Permanências e rupturas:
A semana e os deuses pagãos

Salto triplo

Quadros do capítulo

O banquete

Jogos e diversões romanos
A morte da filósofa Hipátia

7 – A África de muitos povos

Jogo aberto

Núbia: Os senhores da fronteira ao sul do Nilo

Baixa Núbia

Alta Núbia: o Reino de Kush

O Império de Kush

Kush conquista o Egito

Atividades econômicas

Organização política

Etiópia, terra das árvores de perfume

A rainha Makeda e o rei Salomão

Egito sob gregos e romanos

Estrangeiros

Alexandria, o umbigo do mundo

A biblioteca

Povos do deserto

Camelos, comércio e o deserto

A Confederação Garamante

Povos das savanas

Pastores e agricultores

Os mercados

Povos das florestas

A expansão dos povos de língua bantu

Atividades bantu

Os pequenos grandes caçadores

Os pigmeus

Homens e mulheres

Os bosquímanos

Divisão sexual do trabalho

Bate-bola:
A tradição viva

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Salomão e a rainha de Sabá (versão bíblica – 2Cr: IX,1-12; 1Rs: X, 1-13)

Olho no lance:
Coexistência

Permanências e rupturas:
Eu nasci há dez mil anos atrás

Salto triplo

Quadros do capítulo

Candaces: rainhas guerreiras
O avô do berimbau e os jogos de imitação

8 – A Idade Média

Jogo aberto

Pensando a Idade Média

Os reinos germânicos

A Igreja e os reinos germânicos

O Reino Franco

O ImpОrio Carolíngio

A fragmentação do poder

As novas invasões

O Império Bizantino

Cristianismo

O Islã

Maomé e o monoteísmo

A palavra do Alcorão

Os sucessores de Maomé

As divisões

A expansão do Islã

Os muçulmanos na Península Ibérica

Al-Andaluz

Os muçulmanos na África

A sociedade feudal

O centauro

Os guerreiros

Os monarcas

O clero

O senhorio

Os trabalhadores

Direitos senhoriais

O feudalismo e a sociedade de ordens

Clérigos e nobres

A expansão feudal

O comércio

As cidades

As corporações de ofícios e a burguesia

A cidade e as autoridades de Deus

Bate-bola:

O romênico e o gótico

Mobilidade social

As Cruzadas

Pobres e marginalizados

A Reconquista Ibérica

Peregrinações

A centralização política

Portugal

Leão e Castela

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
As três ordens

Olho no lance:

Simbolismo das espadas cristã e islâmica

Permanências e rupturas:
Jerusalém: judeus, cristãos e muçulmanos

Salto triplo

Quadros do capítulo

A nobreza
O senhorio
A rotação trienal

Feiras

Índice remissivo

Referências bibliográficas

1 – A transição da Idade Média para a Época Moderna

Jogo aberto

Tempo é dinheiro

O sistema capitalista

Feudalismo e capitalismo

Operações financeiras

Moedas

O tempo religioso

O ritmo da salvação: as horas religiosas

Mercadores e banqueiros

As perseguições aos judeus

Renascimento

As cidades e a cultura

Uma nova perspectiva nas artes

Três dimensões

Os humanistas

Crise do feudalismo

O Estado

Bate-bola: Da Vinci e o Homem vitruviano

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

O tempo e o espaço urbano

Olho no lance:

A criação do homem

Permanências e rupturas:

Tempo cotidiano

Salto triplo

Quadros do capítulo

Patrões e trabalhadores
Dados: sorte, azar, destino e apostas
O nascimento das universidades

Técnicas renascentistas
Cidade das mulheres
O flautista de Hamelin

 

2 – A expansão marítima europeia

Jogo aberto

A linguagem dos mapas

A Europa e as representações do mundo

As especiarias

O caminho das especiarias

O Mar Tenebroso

Portugueses: os pioneiros da exploração do Mar Tenebroso

Por que Portugal foi o primeiro?

O Estado centralizado

Por mares nunca dantes navegados

África: terra incógnita?
Os grandes mercados africanos

Império do Mali

O Leão do Mali

Apogeu do Império do Mali

O périplo africano

O poderoso Reino do Kongo

O caminho para as Índias

Os turcos chegam a Constantinopla

A expansão espanhola

Colombo descobriu, Vespúcio levou a fama

Outras viagens

Vespúcio

Bate-bola:
América

Os portugueses rumo às Índias

África oriental: as cidades de pedra

O mundo dividido

Acordos e tratados

A reação de França e Inglaterra

A viagem de Cabral

Significados da expansão marítima

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Mensagem

Olho no lance:
África: séculos XII-XV

Permanências e rupturas:
Hackers e pirataria

Salto triplo

Quadros do capítulo

Farmácia natural
O livro das maravilhas
A ciência e a precisão do navegar
Etiópia e o lendário Preste João
Mancala: jogo da lógica, do sagrado, da vida – da África
A esfericidade da Terra
Os senhores dos metais
Os jogos de cartas e as viagens marítimas
Corsários e piratas
Quem foi que inventou o Brasil?

3 – Reforma Protestante e Reforma Católica

Jogo aberto

Contestações ao poder de Roma

A crise espiritual dos séculos XV e XVI

O livre exame da Bíblia

O luteranismo

O pensamento de Lutero

A difusão do luteranismo

Os anabatistas

O calvinismo

O anglicanismo

Início da Época Moderna?

Bate-bola: Cultos cristãos

Reforma Católica ou Contrarreforma?

O Concílio de Trento

A Igreja e as monarquias católicas

O Padroado Real

A União Ibérica

As guerras de religião

França

Inglaterra

Espanha e Portugal

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

A oração

Olho no lance:

O combate entre o Carnaval e a Quaresma

Permanências e rupturas:

Liturgia católica

Salto triplo

Quadros do capítulo

O Cisma do Oriente
Uma nova forma de produzir livros
Rainhas da Inglaterra
O mundo О um palco: os jogos de cena
Um crítico do seu tempo

Carnaval, festas e jogos
O Impório Espanhol

 

4 – A sociedade do Antigo Regime

Jogo aberto

A sociedade do Antigo Regime

Os três Estados

Sociedade estamental

Bate-bola: Moda e ostentação

O Estado absolutista

O fortalecimento do poder monárquico

Concentração de poderes

Letrados e o poder

Exércitos permanentes

A dominação social da nobreza e do clero

O poderio ibérico

O absolutismo francês

Medidas centralizadoras

O Palácio de Versalhes

O absolutismo inglês

Lutas entre os Estados absolutistas

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Dom Quixote

Olho no lance:

Sociedade estamental

Permanências e rupturas:

Os homens invisíveis

Salto triplo

Quadros do capítulo

Jogos da corte
Maquiavel
O declínio da cavalaria medieval

 

5 – A América

Jogo aberto

Descoberta da América?

Os olmecas

Sociedade Chavín

Os maias

As pirâmides

Chichén Itzá

A pirâmide e os jogos

A sociedade maia

O Império Maia-Tolteca

Bate-bola:

Sobre os campos de jogos mesoamericanos e seus simbolismos

Os astecas

A sociedade asteca

O calpulli

Construções astecas

A religião asteca

Síntese religiosa

Os incas

A sociedade inca

Uma conquista sangrenta

A conquista do Império Asteca

O deus Viracocha e a conquista espanhola

Francisco Pizarro e a conquista do Império Inca

Uma sala de ouro

A dominação espanhola

Repartimientos, encomienda e mita

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Pontos de vista

Olho no lance:
A violência da conquista colonial

Permanências e rupturas:

O chocolate О americano

Salto triplo

Quadros do capítulo

As migrações e viagens à América
Vikings, os homens do norte
A representação de um deus

A arquitetura inca
Tenochtitlán descrita por Hernan Cortez
Frei Bartolomé e os massacres dos espanhóis
A guerra, o cavalo e a equitação

 

6 – O Brasil antes de Cabral

Jogo aberto

Quem inventou o Brasil?

Povos indígenas

A cultura indígena

A arte plumária

Nômades e seminômades

As comunidades indígenas

O olhar dos portugueses

Espíritos da natureza

Os Tupi e os ciclos do tempo

Bate-bola:

A formação das tribos

Os xamãs

Os mitos

Terra sem mal

Guerra e paz

Prisioneiros e canibalismo

O cotidiano dos indígenas

Educação indígena

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Palavras de Índio

Olho no lance:

Natureza e mitologia indígena

Permanências e rupturas:

Antropofagia

Salto triplo

Quadros do capítulo

Seleção indígena
Mané Garrincha
Sociedade

Marajoara
A arquitetura das aldeias e o contato entre indígenas e europeus
Geoglifos: territérios sagrados
Adivinhe quem vem para o jantar
A arte de brincar
Tecnologia a serviço da preservação

 

7 – A conquista colonial portuguesa

Jogo aberto

A chegada dos portugueses vista de Pindorama

A crise do comércio oriental

Feitorias

Escambo

Expedições guarda-costas

Cana-de-açúcar

O trabalho e a desonra

Entradas e bandeiras

Aprendendo com os nativos

Pequenas e grandes expedições

São Paulo, terra dos bandeirantes

Bate-bola:
Bandeirantes

A motivação religiosa

O clero e a conquista portuguesa

O Paraíso terrestre

A Igreja e os indígenas

Os jesuítas

As missões e a ocupação do território

Amazônia

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Discurso de Matalauê na missa dos 500 anos

Olho no lance:
Missa comemorativa dos 500 anos do Brasil

Permanências e rupturas:
Índio é queimado por estudantes no Distrito Federal
Assassinato do Índio Galdino completa 10 anos

Salto triplo

Quadros do capítulo

Enfeites para todas as “tribos”
Pindorama

Curumins e cunhatãs: o teatro e educação jesuítica

 

8 – O Antigo Sistema Colonial

Jogo aberto

As capitanias hereditárias

Em busca do lucro

O governo-geral

Homens-bons

Produzir para dominar

Bate-bola:
Câmara Municipal

Produção em larga escala

O poder do açúcar

A justiça colonial

A Inquisição no Brasil

Mercantilismo

Ideias e práticas mercantilistas

O sistema colonial

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
O pelourinho

Olho no lance:
Representação da fundação de Santos

Permanências e rupturas:
Protecionismo econômico

Salto triplo

Quadros do capítulo

Amazonas
Terras divididas entre os portugueses

A América francesa
Açúcar: de artigo de luxo a produto popular
A aparente glória de mandar

 

9 – A economia colonial e o tráfico negreiro

Jogo aberto

O engenho de açúcar

Pão de açúcar

Fumo, algodão e pecuária

Bate-bola:
A poderosa indústria do fumo

A escravidão na África

O início do tráfico de escravizados

Táticas dos portugueses

Os portugueses e seus parceiros na África

Escravizados para a América

O impacto do tráfico de escravizados na África

Inferno a bordo

O escravismo

Os holandeses no Brasil e na África

A Restauração da independência portuguesa

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Como se há de haver o senhor do engenho com seus escravos

Olho no lance:
Benin e o tráfico de escravizados

Permanências e rupturas:
Tráfico de pessoas é uma das atividades ilegais mais lucrativas na Europa

Salto triplo

Quadros do capítulo

Pão de açúcar
O Reino do Ngola
O jogo de búzios: jogo dos destinos

 

10 – A sociedade escravista colonial

Jogo aberto

Ser senhor de escravizados

Homens livres

O trabalho e a disciplina

Boçais e ladinos

Escravidão no campo: as senzalas

A escravidão nas cidades

Resistências à escravidão

Laços de família: na senzala, uma flor

Laços de fraternidade: irmandades e associações religiosas

Laços de solidariedade: associações de ofício

A capoeira, luta disfarçada em dança

Resistências individuais: roubo, banzo, suicídio

Resistência coletiva: quilombos

Bate-bola:
Banzo

O Quilombo de Palmares, símbolo de resistência

Reação das autoridades

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
A criança e os jogos no engenho de açúcar

Olho no lance:
Propagandas racistas explícitas

Permanências e rupturas:
Racismo na propaganda

Salto triplo

Quadros do capítulo

A arquitetura das senzalas
Aluga-se para pessoas de fino trato
A chama que não se apaga

Irmandades do Rosário dos Homens Pretos
Beleza feminina
O ABC da capoeira
O direito dos quilombolas à posse da terra
Mulheres guerreiras


Índice remissivo

Referências bibliográficas

1 – As revoluções inglesas

Jogo aberto

O nascimento do Parlamento inglês

O Parlamento e o absolutismo

Os cercamentos

A terra como mercadoria

As classes sociais

Grupos sociais e divisões religiosas

A Revolução Puritana

Rebelião na Escócia

Revolução e revoluções

A República instaurada por Cromwell

A restauração da Monarquia

A Revolução Gloriosa

Bate-bola:
Radicais

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Ensaio sobre o poder civil

Olho no lance:
O rei e o Parlamento

Permanências e rupturas:
A Constituição cidadã

Salto triplo

Quadros do capítulo

O anglicanismo e o calvinismo
As classes sociais

A colonização inglesa na América do Norte
O que é revolução?
Thomas Hobbes e John Locke
Jogos e o Parlamento inglês

 

2 – A Ilustração e o despotismo esclarecido

Jogo aberto

A Ilustração

O pensamento ilustrado

Principais filósofos ilustrados

Jogos, luzes e educação

O liberalismo econômico

Luzes na arte: o neoclássico

Bate-bola:

Robinson Crusoé e o liberalismo

O absolutismo ilustrado

Despotismo esclarecido

Prússia, Rússia e Áustria

Espanha e Portugal

As luzes e a escravidão

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Hierarquia e igualdade

Olho no lance:
Experiências e conhecimento

Permanências e rupturas:
Liberdade de expressão

Salto triplo

Quadro do capítulo

Teorias e experiências:
a construção do pensamento ilustrado

 

3 – A independência dos Estados Unidos

Jogo aberto

A América inglesa

Autonomia política

O comércio triangular

Insatisfações coloniais

As leis do Açúcar e do Selo

Reações

As Leis Intoleráveis

A Proclamação da Independência

Um novo país, 46

Bate-bola:
George Washington

A Confederação

A Federação

A Constituição

Federalismo e democracia

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Declaração de Independência dos Estados Unidos

Olho no lance:
Hasteando o mastro da liberdade

Permanências e rupturas:
O anúncio da morte de Bin Laden

Salto triplo

Quadro do capítulo

Pôquer: apostas e blefes

 

4 – A Revolução Francesa e o Período Napoleônico

Jogo aberto

A França antes da Revolução

Crise econômica e social

A convocação dos Estados-Gerais e a Assembleia Nacional

Propostas de reformas

Liberdade, igualdade e fraternidade

Assembleia Nacional

O início da Revolução

A fuga do rei

O nascimento da República

Os jacobinos no poder

Bate-bola:
As mulheres e seus direitos

O Diretório: os girondinos de volta ao poder

O golpe do 18 Brumário

O Período Napoleônico

A reorganização do Estado

As conquistas

O Bloqueio Continental

Espanha e Portugal

A campanha da Rússia

A queda de Napoleão

O Congresso de Viena

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Mudar as aparências

Olho no lance:
Goya e a ocupação da Espanha

Permanências e rupturas:
Significados da Revolução Francesa

Salto triplo

Quadros do capítulo

O jogo da pela
Revolução e o nacionalismo
A revolução cultural do espaço e do tempo
Liberalismo político
A imagem de Napoleão
Napoleão e o fascínio pelo Egito Antigo

 

5 – A Primeira Revolução Industrial

Jogo aberto

O mundo das máquinas

O pioneirismo do setor têxtil

Etapas da industrialização

O pioneirismo inglês

A transformação da sociedade

O trabalho de mulheres e crianças

Bate-bola:
Trabalho manual e escravidão

Os trabalhadores reagem

Trade Unions

Movimento cartista

O socialismo utópico

Os teóricos da utopia

Igualdade entre homens e mulheres

Quebra-cabeça

Leitura complementar

Olho no lance:
Máquina de pentear macacos

Permanências e rupturas:
Integração entre cérebro e máquinas vai influenciar evolução

Salto triplo

Quadros do capítulo

O atual sindicalismo brasileiro
Robert Owen

 

6 – A idade do ouro no Brasil e as revoltas coloniais

Jogo aberto

Os bandeirantes e a escravidão

Terras, trabalho e conflitos

As riquezas de Minas Gerais

O controle português

As lutas pelas riquezas

A sociedade mineradora

Os senhores de escravizados

A instabilidade da vida mineradora

Riqueza e miséria

Irmandades

Uma arte mestiça

A economia portuguesa

Mercado interno colonial

Portugal e Inglaterra

Tratado de Methuen

As reformas pombalinas

Modernização da economia

Indígenas e jesuítas

A expulsão dos jesuítas

As reformas no ensino

Nova administração colonial

Revoltas coloniais

Inconfidência Mineira

Inconfidentes

A devassa

A Conspiração do Rio de Janeiro

A Conjuração Baiana

As punições

Bate-bola:
Tiradentes supliciado

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
A criação da zona-tampão

Olho no lance:
Jesuítas, bandeirantes, indígenas e quilombos

Permanências e rupturas:
Garimpeiros ainda têm esperança de enriquecer em Serra Pelada

Salto triplo

Quadros do capítulo

O Maranhão e a Revolta de Beckman
As festas e os jogos
Uma nova divisão política na colônia

Esperança Garcia
A Guerra dos Mascates e o Motim do Maneta

 

7 – As independências da América Latina

Jogo aberto

Agitações na América espanhola

Haiti

Mestiços e negros

A revolução

Canto de Guerra: a participação popular na luta

México

A revolta das elites

A difusão da contestação colonial

A Guerra de Independência

Derrotas

América espanhola unida

Grande Colômbia

A América fragmentada

A região do Prata

América Central

Províncias Unidas da América Central

O caudilhismo

A abolição da escravidão

Bate-bola:

Generais
Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Simón Bolívar

Olho no lance:
A epopeia de Bolívar

Permanências e rupturas:
Brasil é o 10o país a entregar ratificação do tratado da Unasul

Salto triplo

Quadros do capítulo

O Código Negro
Toussaint L’Ouverture: o General de Ébano
Sob o manto da Virgem de Guadalupe

Corrida de sortijas: o jogo de argolas

 

8 – A Independência do Brasil

Jogo aberto

Agitações na América e na Europa

O Bloqueio Continental e a América portuguesa

A transferência da Corte

A abertura dos portos

A integração da colônia

Reino Unido a Portugal e Algarves

A Revolta Pernambucana de 1817

O tempo da pátria republicana

A Revolução do Porto de 1820

Bate-bola:
As Cortes

A emancipação política do Brasil

Temor de uma mobilização popular

A Assembleia Constituinte

Fechamento da Assembleia

A Constituição de 1824

Centralização política

Exclusão e controle sociais

A Confederação do Equador

Abdicação de Dom Pedro

A África e o Império do Brasil

A construção do Estado brasileiro

A Regência e as reformas liberais

A Guarda Nacional

O Código de Processo Criminal

O Ato Adicional de 1834

A revisão das reformas

O golpe da maioridade

Revoltas e rebeliões

A Cabanada (1832-1835)

Alagoas

Fase popular

A Revolta dos Malês (1835)

As diferentes etnias africanas na Bahia

As conspirações e a revolta

Os confrontos

A Cabanagem (1835-1840)

As ações dos rebeldes

A Sabinada (1837-1838)

A Balaiada (1838-1841)

A Farroupilha (1835-1845)

A Praieira (1848-1849)

A repressão aos movimentos rebeldes

A economia brasileira

A Amazônia e os povos indígenas

A borracha

Vulcanização da borracha

Devastação

A produção da borracha no Sudeste asiático

Maranhão

Ceará

Pernambuco

Bahia

Rio Grande do Sul

São Paulo e o café

O Vale do Paraíba

O Oeste paulista

Minas Gerais

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Discurso de frei Caneca

Olho no lance:
Bandeira imperial

Permanências e rupturas:
Regência, Monarquia e República

Salto triplo

Quadros do capítulo

Independência: resistências e guerras
A participação de frei Caneca
Formação do Estado brasileiro
Mulheres guerreiras: Luísa Mahin e Maria Felipa de Oliveira,

África e Brasil no tempo das jihad
Mulheres guerreiras: Anita Garibaldi
O futebol, a tecnologia da bola e a esportização da sociedade

 

9 – Nações, nacionalismo e socialismo

Jogo aberto

França: terra das revoluções

A Revolução de 1830

O rei burguês

1848: a Primavera dos Povos

A crise econômica

A Segunda República Francesa

O Segundo Império

A Comuna de Paris

Pensando a Revolução

O socialismo científico

Bate-bola:
O Quarto Estado

O anarquismo

A unificação da Itália

A unificação alemã

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Nações e comunidades imaginadas

Olho no lance:
A queda dos Ídolos

Permanências e rupturas:
Nacionalismo

Salto triplo

Quadros do capítulo

História e nacionalismo
As mulheres e a Revolução de 1848
A Primavera dos Povos
A reconstrução de Paris
A África Ocidental Francesa e o Rali Paris-Dakar

Música e nacionalismo

 

10 – A construção dos Estados Unidos da América

Jogo aberto

Peles-vermelhas e caras-pálidas

A Marcha para o Oeste

Bate-bola: Bangue-bangue

Destino Manifesto

Os pioneiros

Forte Apache

A grande vitória dos peles-vermelhas

Índios hostis

Guerra e tecnologia

A Guerra de Secessão

O início da guerra

Os negros e a Guerra

A Ku Klux Klan

A política de segregação racial

O desenvolvimento econômico

Expansão territorial

Cuba

A Libéria: os negros para a África

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Carta do Chefe Seattle ao presidente dos EUA

Olho no lance:
Pais fundadores

Permanências e rupturas:
Um presidente negro no país da Ku Klux Klan

Salto triplo

Quadros do capítulo

Povos da Planície
Futebol americano: um jogo de conquista de território
Black music: work songs, spirituals e blues
O jogo de beisebol

 

11 – A Segunda Revolução Industrial e o imperialismo

Jogo aberto

A velocidade da Revolução

As maravilhas tecnológicas

A invenção da fotografia e do cinema

A cidade industrial

O imperialismo

O imperialismo na Ásia: Índia e China

Negócios da China

Franceses na Indochina

No coração da África

A busca da nascente do Rio Nilo

Stanley e os interesses da Bélgica

A Conferência de Berlim

Tragédias africanas

A Partilha da África

Cabo de guerra

Bate-bola:
Lendas do mundo moderno: o darwinismo social

O impacto da dominação

A dominação cultural

Modernidades europeias

Resistências africanas

A Etiópia independente

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Montanha-russa

Olho no lance:
Imperialismo britânico

Permanências e rupturas:
Tragédias e conflitos africanos

Salto triplo

Quadros do capítulo

Thomas Edison, o gênio da lâmpada
Brinquedos industriais,

As sociedades geográficas

 

12 – O Segundo Reinado e a proclamação da República

Jogo aberto

A estabilidade política

Violências e fraudes

Empregos e clientelismo

O fim do trabalho escravo no Brasil

A Inglaterra contra o tráfico negreiro

O fim do tráfico

A Lei do Ventre Livre

Os movimentos abolicionistas

O abolicionismo popular

Cometas e caifazes

A abolição da escravidão

O corpo e a alma do Brasil

Os corpos e a dança

O maxixe

Música de salão

A expansão cafeeira e a modernização

Rede ferroviária

A mecanização

Novos negócios

Os novos trabalhadores

Trabalhadores brasileiros

Os imigrantes europeus

Duas políticas imigratórias

O branqueamento da nação

A Lei de Terras de 1850

Imigrantes esquecidos

Imigração financiada

Tensões na região do Prata

A Guerra Grande de 1839

Os interesses do governo paraguaio

A Guerra do Paraguai

O Exército brasileiro

A crise do Regime Monárquico

Os militares e a crise

A Questão Militar

O regionalismo paulista

O federalismo

O movimento republicano

Radicais e moderados

Bate-bola:

Repúblicas: elites e movimentos populares

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Escravizados

Olho no lance:
Alegoria da República

Permanências e rupturas:
Missão no Haiti/Diplomacia da bola/Lula chama soldados brasileiros no Haiti de “craques”

Salto triplo

Quadros do capítulo

Ao som das mulheres
Artes, letras e saberes negros,

Política indigenista
Rei Obá II da África
As terras dos Guarani
O jogo da esgrima
Conservadores e liberais

 

Índice remissivo

Referências bibliográficas

1 – A Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa

Jogo aberto
A Belle Époque europeia

Os Jogos Olímpicos da era moderna
O amadorismo e as elites

Olimpíadas, alianças e rivalidades políticas

O fascínio pela tecnologia

O imperialismo e a disputa por mercados

As políticas de alianças

Os bálcãs e o início da guerra

O internacionalismo operário e a guerra

A guerra de trincheiras

A entrada dos Estados Unidos e a saída da Rússia

Os 14 pontos de Wilson

O Tratado de Versalhes
Rússia: um país de camponeses

Bolcheviques versus mencheviques

A Revolução de 1905

A Revolução de Fevereiro de 1917

Os sovietes

A Revolução Bolchevique

A Terceira Internacional

A União Soviética

O planejamento econômico

A política bolchevique

A Nova Política Econômica

Os planos quinquenais

Camponeses

O realismo socialista

A perseguição às oposições

Bate-bola:
Trotsky e a revolução desfigurada

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Testemunho de um combatente de guerra

Olho no lance:

Tropas alemãs em Bruxelas

Salto triplo

Permanências e rupturas:
Guerra e ciência

Quadro do capítulo

Fatos interessantes sobre a guerra de trincheiras
Futebol de Natal nas trincheiras
Mulheres e a guerra
Ideologia


2 – O período entreguerras

Jogo aberto
Os Estados Unidos no pós-guerra

A Quebra da Bolsa de Nova York

A Grande Depressão

O New Deal

A crise se espalha pelo mundo

Mussolini e o fascismo

Os fascistas no poder

A Marcha sobre Roma

A República de Weimar

Hitler e o nazismo

O Partido Nazista

O crescimento eleitoral dos nazistas

A ditadura nazista

Desfiles militares

Bate-bola:

Cinema de propaganda

Perseguições: professores, judeus e artistas

Quebra-cabeça

Leitura complementar

A prisão de Antonio Gramsci

Olho no lance:
Conduzidos pelo nazismo

Salto triplo

Permanências e rupturas:

Neonazistas

Quadros do capítulo

As bases sociais do fascismo

A Escola Bauhaus
Esportes no período entreguerras


3 – A Primeira República

Jogo aberto
A modernização das cidades

Miséria e criminalidade nas cidades

Miséria no campo

As oligarquias e a Primeira República

Os governos militares

O Encilhamento

Reação oligárquica

A eleição de Deodoro

A Revolta Federalista

A Revolta da Armada

O fim dos governos militares

A República das Oligarquias

O coronelismo: exclusão da maioria

A Política dos Governadores

Conflitos entre as oligarquias

A política de valorização do café

O café e a industrialização

Aliança com os Estados Unidos

Bate-bola:

O futebol e os setores populares

O cangaço

Cangaceiros

Milagreiros e beatos

Padre Cícero e a Revolta do Juazeiro

A Guerra do Caldeirão

A Guerra de Canudos

Campanhas contra Canudos

A Guerra do Contestado

A reurbanização do Rio de Janeiro

As favelas

A Revolta da Vacina

Governo suspeito

A Revolta da Chibata

A crise do regime oligárquico

O movimento operário

A greve geral de 1917,

A fundação do Partido Comunista Brasileiro

O Modernismo brasileiro

A Semana de 22

O tenentismo

A Coluna Prestes-Miguel Costa

A crise de 1929

A Revolução de 1930

Direitos trabalhistas

A revolta armada

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
A Aliança Liberal

Olho no lance:
Literatura de cordel

Permanências e rupturas:

Partidos operários

Salto triplo

Quadros do capítulo

As eleições presidenciais na Primeira República
A América para os americanos… do Norte
Mulheres rebeldes: Maria, Marias
A arte de saia: o carnaval e o samba
Mestre-sala dos mares
Mulheres potiguares:

pioneirismo no voto feminino
O jogo do bicho

4 – A Segunda Guerra Mundial

Jogo aberto

Os Jogos Olímpicos em Berlim

Derrotas nazistas

A Guerra Civil Espanhola

A política expansionista alemã

O início da guerra

Blitzkrieg

A Batalha da Inglaterra

A invasão da URSS

A Resistência

Os Estados Unidos na guerra

A vitória dos Aliados

Repercussões da guerra

Bate-bola:

República de Vichy

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

No fundo

Olho no lance:

Hitler em Liliput

Permanências e rupturas:

Pearl Harbor e as torres gêmeas

Salto triplo

Quadros do capítulo

Os atletas negros desmentem a superioridade ariana
Os campos de concentração
Para ler o Zé Carioca

 

5 – O Brasil sob Vargas

Jogo aberto

A industrialização em larga escala

Substituição de importações

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN)

Ainda o café

Um novo arranjo institucional

A Revolta Constitucionalista de 1932

A Assembleia Constituinte

Aliança Nacional Libertadora

A Revolta Comunista

Movimento Integralista

Bate-bola:
Fascismo e integralismo

O Estado Novo

Censura e repressão

Uma nova política

A migração

Controle sobre os trabalhadores

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)

Sindicalismo oficial

Futebol, capoeira e Carnaval

A seleção brasileira de futebol

A capoeira

O Carnaval

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Discurso de Getúlio Vargas

Olho no lance:

Retratos do Brasil

Permanências e rupturas:

Qual é a música?

Salto triplo

Quadros do capítulo

Mulheres na Constituinte
O fim da III Internacional
A deportação de Olga

Benário Prestes
Nas ondas do rádio

 

6 – A Guerra Fria

Jogo aberto

A Guerra Fria e os blocos antagônicos

Os acordos de paz do pós-guerra

A Conferência de Yalta

A Conferência de Potsdam

Bipolarização

A reconstrução da Europa

O Bloqueio de Berlim

A Guerra da Coreia

A corrida armamentista: o planeta em perigo

Alianças militares

Espionagem: CIA versus KGB

A guerra das imagens: o impacto cultural

A coexistência pacífica

Bate-bola:
A Organização das Nações Unidas

Os Jogos Olímpicos durante a Guerra Fria

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
A nova classe

Olho no lance:

Emblemas socialistas

Permanências e rupturas:

Consumismo

Salto triplo

Quadros do capítulo

A Revolução Chinesa
O cinema e a Guerra Fria
A guerra esquenta nos tabuleiros de xadrez

 

7 – A democracia populista

Jogo aberto

O fim do Estado Novo

A oposição a Vargas

Golpe militar

Reorganização partidária

Trabalhadores e comunistas

Instabilidade política

A volta de Vargas

Nacionalismo

Capital estrangeiro

A oposição a Vargas

O suicídio de Vargas

O governo de Juscelino Kubitschek

Desenvolvimento industrial

O Plano de Metas

Capital externo e déficits orçamentários

Indústria e integração nacional

Bate-bola:

Bossa nova

A construção de Brasília

A inflação

A eleição de Jânio Quadros

João Goulart: vice de novo

O governo Jânio Quadros

O rápido desgaste político

A renúncia de Jânio Quadros

A experiência parlamentarista

O governo de João Goulart

As Ligas Camponesas

A radicalização política

O golpe civil-militar

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

O golpe militar de 1964, o PTB e os trabalhadores

Olho no lance:

A Avenida Rio Branco e a história da República

Permanências e rupturas:

A carta de Goiânia

Salto triplo

Quadros do capítulo

Futebol: nacionalismo e contestação política
A Copa de 1950: o Brasil chorou
A seleção do Brasil na Copa do Mundo de 1954
Garrincha: a alegria do povo

8 – A América Latina

Jogo aberto

A Revolução Mexicana

Descontentamentos sociais

A luta armada

O governo de Francisco Madero

A radicalização

Garantias sociais

A questão agrária

A arte muralista

Bate-bola:
Mártires revolucionários

A Argentina e o peronismo

Tensões com os Estados Unidos

Segundo mandato de Perón

O retorno de Perón

A ditadura militar

A democracia

Néstor e Cristina Kirchner

A Revolução Cubana

A guerrilha de Fidel Castro

O confronto com os Estados Unidos

Che Guevara, o mito pop e revolucionário

Ditaduras latino-americanas

Nicarágua: da ditadura à revolução

Quebra-cabeça

Leitura complementar:

Evita

Olho no lance:

Madres de la Plaza de Mayo

Permanências e rupturas:

As relações entre Cuba e Estados Unidos durante governo de Obama

Salto triplo
Quadros do capítulo

O Exército Zapatista de Libertação Nacional

Frida Kahlo
Evo Morales e as tradições indígenas
Eva Perón
Campanha militar


9 – A descolonização e o Terceiro Mundo

Jogo aberto

Guerra Fria e descolonização

Índia

Indochina

África

Congo

As colônias portuguesas

Os movimentos de libertação

A África austral

O Apartheid

Contestações ao Apartheid

Oriente Médio: conflitos entre árabes e israelenses

A criação do Estado de Israel

Os conflitos entre palestinos e israelenses

Bate-bola:
Terra Santa
O Terceiro Mundo

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
O testemunho de uma jovem senegalesa, Sow Ndeye

Olho no lance:

A segregação sinalizada

Permanências e rupturas:
Os BRICS

Salto triplo

Quadros do capítulo

Desobediência civil
Apartheid
Atentado terrorista em Munique

 

10 – A era da contestação

Jogo aberto

Uma década de mudanças profundas

Corrida espacial: o céu é o limite

A Guerra do Vietnã

Uma guerra desigual

A contracultura hippie

A estética hippie e o mercado capitalista

A arte na década de 1960

A pop art

Relações de gênero

O direito de ser mulher

O feminismo

Bate-bola:
O que o amor tem a ver com isso?

O direito de ser negro

Martin Luther King

Racismo na terra do blues

Malcolm X

O Poder Negro

Os Panteras Negras

Protestos na África

O movimento negro no Brasil

1968: Ano da contestação

A Primavera de Praga

Protesto nos Jogos Olímpicos do México

Quebra-cabeça
Leitura complementar:

Televisão, alienação e consciência

Olho no lance:
Arte e reprodução técnica

Salto triplo

Permanências e rupturas:

Solte o seu cabelo e prenda o preconceito!

Quadros do capítulo

Protesto sutil

Stonewall e o direito à diversidade sexual
Muhammad Ali

Eu sou Angela Davis
O Movimento de Consciência Negra
A revolução nos muros

 

11 – A ditadura militar no Brasil

Jogo aberto

A ditadura militar

Prisões e cassações

Ditadura duradoura

Novos Atos Institucionais

A Constituição de 1967

A cultura de contestação

A música

As artes plásticas

Os confrontos de 1968

A luta armada contra a ditadura

Os anos de chumbo

Os grupos guerrilheiros

A Guerrilha do Araguaia

O “milagre econômico”

Obras militares

Propaganda: a alma do negócio

A Copa do México de 1970

Bate-bola:
A devastação da Amazônia

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Pra não dizer que não falei das flores

Olho no lance:
Fotografia e a crítica política

Permanências e rupturas:
Propaganda política

Salto triplo

Quadros do capítulo

Estado de direito
Caindo no ridículo

Tortura
A questão indígena: do general Rondon ao general Médici

 

12 – A democratização do Brasil

Jogo aberto

A crise do “milagre”

Abertura lenta e gradual

A repressão se intensifica

O pacote de abril

Um novo movimento operário

O pluripartidarismo

A campanha pelas eleições diretas

O período democrático

O Plano Cruzado

Uma nova Constituição

As eleições de 1989

O breve governo de Fernando Collor

Corrupção e o impeachment

O governo de Itamar Franco

O governo de Fernando Henrique

A reeleição de FHC

O governo Lula

Programas sociais e o Mensalão

O governo de Dilma

As jornadas de junho

As eleições de 2014

O impeachment de Dilma

O governo de Temer

Bate-bola:
Torcidas: política, violência e intervenção social

Quebra-cabeça

Leitura complementar:
Diretas Já!

Olho no lance:
Censura

Permanências e rupturas:
Carta aberta à presidência

Salto triplo

Quadros do capítulo

A Copa do Mundo de 1982
Futebol exportação
2014 e 2016: Copa do Mundo e Jogos Olímpicos

 

13 – A nova ordem mundial

Jogo aberto

O fim da Guerra Fria

Manifestações na China

A queda do muro de Berlim

A desintegração do bloco soviético

A nova ordem mundial

A nova oposição Ocidente versus Oriente

A Guerra do Golfo na TV

Os ataques de 11 de setembro

A doutrina Bush

O “eixo do mal”

O neoliberalismo

A globalização

O poder das megaempresas

Opositores da globalização

A África e os senhores da guerra

A presença imperialista chinesa na África

A indústria farmacêutica

Barack Obama e a crise de 2008

A reeleição de Obama

A crise mundial

Indignados ocupam Wall Street

Grécia e Espanha: giro à esquerda

A eleição de Donald Trump

Bate-bola:
Modernidade

Quebra-cabeça

Leitura complementar
O entusiasmo dos jovens na Praça Porta do Sol

Olho no lance:
A crítica de Banksy

Permanências e rupturas:
Ideologia

Salto triplo

Quadros do capítulo

A Copa do Mundo de 1990: regionalismo e nacionalismo
Sanitário high tech

Megaeventos olímpicos
A Copa da África do Sul em 2010


Índice remissivo

Referências bibliográficas

Material Digital

Orientações para a gestão das aulas e acompanhamento de aprendizagem.

Plano de Desenvolvimento - 6º ano - Anual
Plano de Desenvolvimento - 6º ano - 1º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 6º ano - 2º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 6º ano - 3º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 6º ano - 4º Bimestre

Planos de aula bimestrais ou trimestrais, com atividades para o desenvolvimento de habilidades descritas na BNCC, e indicação de recursos didáticos para utilização nas aulas.

Sequência Didádica - 6º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 6º ano - 4º Bimestre

Avaliações bimestrais ou trimestrais acompanhadas por gabarito.

Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 4º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 6º ano - 4º Bimestre

Material Digital

Orientações para a gestão das aulas e acompanhamento de aprendizagem.

Plano de Desenvolvimento - 7º ano - Anual
Plano de Desenvolvimento - 7º ano - 1º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 7º ano - 2º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 7º ano - 3º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 7º ano - 4º Bimestre

Planos de aula bimestrais ou trimestrais, com atividades para o desenvolvimento de habilidades descritas na BNCC, e indicação de recursos didáticos para utilização nas aulas.

Sequência Didádica - 7º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 7º ano - 4º Bimestre

Avaliações bimestrais ou trimestrais acompanhadas por gabarito.

Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 4º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 7º ano - 4º Bimestre

Material Digital

Orientações para a gestão das aulas e acompanhamento de aprendizagem.

Plano de Desenvolvimento - 8º ano - Anual
Plano de Desenvolvimento - 8º ano - 1º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 8º ano - 2º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 8º ano - 3º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 8º ano - 4º Bimestre

Planos de aula bimestrais ou trimestrais, com atividades para o desenvolvimento de habilidades descritas na BNCC, e indicação de recursos didáticos para utilização nas aulas.

Sequência Didádica - 8º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 8º ano - 4º Bimestre

Avaliações bimestrais ou trimestrais acompanhadas por gabarito.

Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 4º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 8º ano - 4º Bimestre

Material Digital

Orientações para a gestão das aulas e acompanhamento de aprendizagem.

Plano de Desenvolvimento - 9º ano - Anual
Plano de Desenvolvimento - 9º ano - 1º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 9º ano - 2º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 9º ano - 3º Bimestre
Plano de Desenvolvimento - 9º ano - 4º Bimestre

Planos de aula bimestrais ou trimestrais, com atividades para o desenvolvimento de habilidades descritas na BNCC, e indicação de recursos didáticos para utilização nas aulas.

Sequência Didádica - 9º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 1º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 2º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 3º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 4º Bimestre
Sequência Didádica - 9º ano - 4º Bimestre

Avaliações bimestrais ou trimestrais acompanhadas por gabarito.

Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 4º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 1º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 2º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 3º Bimestre
Acompanhamento de aprendizagem - 9º ano - 4º Bimestre
Veja também

Obras literárias relacionadas

BNCC

Saiba mais sobre o documento que define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.